Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA pr.leonardopinheiro@pazevida.org.br

Pr. William Alves

Pr. William Alves

Sede Estadual – PApr.williamalves@pazevida.org.br

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal pr.fabiohenrique@pazevida.org.br

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ pr.danyelpagliarin@pazevida.org.br

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR pr.weslleysantos@pazevida.org.br

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM pr.luciano@pazevida.org.br

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL pr.carlospinheiro@pazevida.org.br

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – PE pr.delson@pazevida.org.br

Pr. Crescio Rezende

Pr. Crescio Rezende

Sede Estadual - RN pr.crescio@pazevida.org.br

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS pr.raphaelbatista@pazevida.org.br

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Internacional – SP   pr.neilton@pazevida.org.br  

Pr. Reinaldo Rosário

Pr. Reinaldo Rosário

Sede Estadual – CE pr.reinaldorosario@pazevida.org.br

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG pr.joaquimneto@pazevida.org.br

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   pr.sandropinheiro@pazevida.org.br

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – BA   pr.reginobarros@pazevida.org.br

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB pr.emerson@pazevida.org.br pr.emerson@pazevida.org.br

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE pr.gilvamgomes@pazevida.org.br

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI pr.marciodasilva@pazevida.org.br

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO pr.dionatanfreitas@pazevida.org.br

Trump relata ‘excelente conversa’ com Bolsonaro

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira (29) que teve uma “excelente conversa” com o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, com quem se comprometeu a trabalhar “estreitamente” em matéria “comercial e militar”.

“Tive uma boa conversa com o recém-eleito presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, quem ganhou as eleições por uma margem substancial. Concordamos que EUA e Brasil trabalharão estreitamente em matéria comercial, militar e todo o resto!”, escreveu Trump no Twitter. “Foi uma conversa excelente e lhe ofereci minhas felicitações!”, acrescentou no governante americano.

Bolsonaro (PSL) venceu neste domingo o segundo turno das eleições presidenciais com 55% dos votos, contra 44% de Fernando Haddad (PT).

O presidente eleito explicou que quer em sua política externa acabar com o “viés ideológico”, aproximar o Brasil dos países mais desenvolvidos e recuperar o “respeito internacional”. No plano comercial, defendeu intercâmbios com todo “o mundo”, mas “sem prejudicar os interesses de empresários e industriais” brasileiros.

Na noite de domingo, a Casa Branca já havia informado que Trump ligou para Bolsonaro para parabenizá-lo pela vitória na eleição presidencial.

A conversa foi traduzida por André Marinho, filho do empresário Paulo Marinho, que é fluente na língua. Segundo pessoas que estavam presentes na casa de Bolsonaro, o presidente americano parabenizou o capitão da reserva e o convidou para visitar os Estados Unidos.

Segundo a coluna Radar, integrantes da campanha de Bolsonaro articulam uma agenda do capitão com Trump. O encontro ocorreria antes de Bolsonaro tomar posse.

Trump e Bolsonaro têm sido comparados desde o começo da corrida eleitoral, principalmente pela imprensa internacional. O jornal britânico The Guardian, por exemplo, apresentou o presidente eleito neste domingo como o “Trump dos trópicos”, acrescentando que ele era um “candidato perigoso”, em reportagem publicada em abril.

Por diversas vezes, Bolsonaro declarou sua admiração por Trump, afirmando que ele tem feito um “excelente” governo. “Diminuiu a carga tributária e resgatou o emprego”, disse sobre o americano durante participação no programa Roda Viva, da TV Cultura, em julho. “Ele quer a América grande, eu quero o Brasil grande. Ele fala em Deus, eu também falo em Deus. Ele defende a família, eu também defendo a família.”

Aproximação Brasil-EUA

Os Estados Unidos “serão um parceiro ainda mais próximo do Brasil durante o governo” de Jair Bolsonaro, garantiu Steve Bannon, ex-assessor de Donald Trump.

Em uma entrevista publicada nesta segunda-feira no jornal Folha de S.Paulo, ele deu boas vindas ao brasileiro ao clube de líderes nacionalistas e conservadores que chegaram ao poder nos últimos anos.

“Num pedaço do mundo onde há socialismo radical e caos na Venezuela e crise econômica, com o FMI mandando na Argentina, Bolsonaro representa o caminho do capitalismo esclarecido e será uma liderança populista nacionalista”, considerou Bannon.

Segundo Bannon, há “muitas semelhanças” entre Trump, Bolsonaro e outros líderes “populistas e nacionalistas” de direita, como Viktor Orban, primeiro-ministro húngaro; Matteo Salvini, ministro do Interior da Itália; ou Nigel Farage, líder pró-Brexit no Reino Unido.

“Vejo três principais pontos em comum entre esses líderes: em situações muito confusas, conseguem identificar quais são os principais problemas e articular as soluções. Por serem autênticos, eles conseguem se conectar com o público de massa, particularmente com a classe trabalhadora e classe média, de modo muito visceral. E, em terceiro lugar, eles têm carisma”, enumerou.

Quanto a Trump e Bolsonaro, ele destacou que os dois empregam a estratégia de “usar declarações provocativas para conseguir ser ouvido em meio ao barulho”. “Ambos são especialistas em se conectar com as massas”, ressaltou.

Na última sexta-feira, dois dias antes do segundo turno, Bannon declarou apoio a Bolsonaro oficialmente. “O capitão Bolsonaro é um brasileiro patriota e, acredito, um grande líder para seu país nesse momento histórico”, afirmou o líder conservador em mensagem enviada à agência Reuters. Em entrevista à BBC Brasil de sua casa em Washington, Bannon também fez muitos elogios a Bolsonaro. O americano descreveu o deputado como alguém “líder”, “brilhante”, “sofisticado” e “muito parecido” com Trump.

Fonte: VEJA


bannerMemorial

Domingo, dia 25/11, às 8h 2019 - O ANO ACEITÁVEL DO SENHOR SEDE INTERNACIONAL                   Av. Cruzeiro do Sul, 1965 - Santana - SP